domingo, 2 de agosto de 2009

Calling Dr. Love.

Estou cansado da frieza do mundo.
A partir de agora, no que depender de mim, quero viver de abraços, abraços apertados, demorados, quentinhos e cheirosos. Abraços sem vergonha. Quero beijos, dezenas, centenas, milhares ..... todos possíveis. Aliás eu quero beijar, eu quero abraçar, eu quero apertar, quero dar as mãos, quero curar minha carência nos braços do povo e distribuir sorrisos a todos a minha volta independete do dia, hora, ocasião, independente de quem seja.
Eu quero mais amor, ser mais amado e amar muito mais as pessoas e tudo mais. Um amor mais leve, "leve, como leve pluma muito leve, leve pousa" nos corações, nas vidas vazias, pousa sobre a solidão e traz um conforto. A sim, eu quero muito, mas MUITO mais amor e carinho, mais contato físico, preciso me preencher com o carinho que vem dos outros, do calor humano. Quero ser a pessoa mais amável do planeta, quero afetar a todos com todo meu afeto.
Vou mudar o mundo com o meu amor!!!

8 comentários:

Pati disse...

É disso que todos precisam *.* Acho que todos deviam ser assim, demonstrar o que sentem independente do lugar, hora e circunstância. Assino embaixo Wander :D

Bruno R.Ramos disse...

Muito bela mesagem. Parabéns!

Wanessa Lins disse...

Ow... adorei! Muito simples e muito direto.


;**
Beijos


http://wanessalins.blogspot.com

renata menezes disse...

own! filosofia Cazuza! Mas é bem assim que deveria ser *-*

Gabriela N. disse...

tá saidinho, hein?

vitoria disse...

acho que as pessoas tem que demostrar mais o que sente!
gostei do seu blog!
beijoss

Sah disse...

então você é amorosinho? hahahaha

Felipe Fachiolli disse...

entao se é o fodão entao
se vai muda o mundo entao